Entre em contato

Para encomendas, dúvidas, sugestões ou críticas entre em contato pelo formulário ou pelos seguintes contatos abaixo.

* Eventualmente, devido ao grande volume de mensagens virtuais o nosso retorno pode não ser imadiato, levando em torno de 48h. Caso isso aconteça agradecemos a compreensão.
* As mensagens são respondidas em horário comercial de atendimento, em dias úteis, de segunda-feira sexta-feira das 8:00h ás 18:00h.

Se preferir realizar a sua encomenda pessoalmente, fique à vontade para agendar um horário no nosso ateliê. Será um prazer atendê-lo!

Estamos localizados no bairro Jardim América em Goiânia/GO.

contato@jeronimabaco.com.br

(62) 982652755 / (62) 996909763

Envie o seu depoimento




E a sua foto


Encomendas

Como encomendar

Escolha o modelo do seu corset no nosso catálogo, clique no botão COMPRAR e preencha as informações solicitadas. Por fim, clique no botão enviar e aguarde o nosso retorno por e-mail.

Caso o modelo desejado não esteja em nosso site, nos envie as especificações da peça desejada (tecido, cor, detalhes, aviamentos, etc) e aguarde um novo orçamento.

Oferecemos também o serviço de criação do modelo personalizado para o cliente, por meio de atendimento de forma exclusiva criamos o modelo de acordo com sua personalidade, preferências e necessidade.

Se seu corset for especifico para a prática do Tight Lacing (redução de medidas) essa informação deve constar em sua mensagem de e-mail.

Você pode entrar em contato através do nosso formulário ou através do e-mail contato@jeronimabaco.com.br

Caso deseje contato direto por e-mail nos envie os seus dados para realizarmos o cadastro, suas medidas, a foto obrigatória para a confecção do corset e informe a forma de pagamento escolhida.

Dados para o cadastro:

– Nome completo

– Data de nascimento

– Endereço

– Cidade/Estado

– CEP

– Telefone para contato

Após a confirmação por e-mail da sua encomenda a próxima etapa é concluir o pedido realizando o pagamento de acordo com a forma escolhida. Lembramos que a confecção da sua peça é iniciada apenas após a confirmação do pagamento.

Todas as transações podem ser realizadas presencialmente em nosso ateliê, basta entrar em contato para agendar a visita.

Formas de pagamento

– A VISTA.

Pagamento em dinheiro ou via depósito/transferência bancária com 5% de desconto*. A conta do favorecido será informada por e-mail.

*Os  5% de desconto aplica-se á modelos de corsets disponíveis no catálogo do site e não se aplica á valores promocionais.

– EM 2 X IGUAIS SEM JUROS.

Entrada de 50% do valor do corset e os outros 50% + frete (se houver) quando a peça estiver finalizada.

Pagamento presencial no ateliê ou via depósito/transferência bancária. O produto será entregue após o pagamento da 2ª parcela.

– PAGAMENTO NO CARTÃO DE CRÉDITO EM ATÉ 12X VIA PAG SEGURO

(PARA PAGAMENTOS ONLINE)

Pag Seguro é a solução completa para pagamentos online, que garante a segurança de quem compra e de quem vende na web. Como funciona?

Após a confirmação do pedido lhe enviamos uma cobrança via e-mail onde você será encaminhado para o site do Pag Seguro para ver as opções de pagamento e concluir a transação.

Essa opção de pagamento gera juros conforme a quantidade de parcelas escolhidas. Entre em contato e solicite a simulação de valores.

– PAGAMENTO NO CARTÃO DE CRÉDITO EM ATÉ 12X OU DÉBITO

(PARA PAGAMENTOS PRESENCIAIS)

Pagamento presencial no ateliê através de máquina leitora.

Crédito: disponível para as bandeiras Visa e Mastercard.

Débito: disponível para as bandeiras Visa e Maestro.

Essa opção de pagamento gera juros conforme a quantidade de parcelas escolhidas. Entre em contato e solicite a simulação de valores.

 

 

Tempo para a confecção do corset

Atualmente 0 prazo para a construção de um corset disponível no catálogo do site é de 15 á 20 dias corridos.

Informamos que pode haver alteração no prazo de entrega no caso de alta demanda e/ou de acordo com a complexidade do modelo escolhido. Caso haja aumento ou diminuição no prazo de entrega o cliente será informado com antecedência.

Instruímos para que peças destinadas à ocasiões festivas e datas comemorativas sejam encomendadas com maior antecedência.

Entrega

Moradores de Goiânia e região metropolitana caso prefiram, podem retirar o seu produto em nosso ateliê, não sendo necessário o pagamento de frete. Também temos a opção de entrega via entregador no seu endereço, entre em contato para orçar a taxa de entrega.

Moradores de outras regiões: enviamos a peça via Correios nas opções SEDEX ou PAC com código de rastreamento, para que você possa rastrear o trajeto da sua peça. Todos os envios via Correio possuem aviso de recebimento e seguro no valor declarado.

Como tirar as suas medidas
FOTO OBRIGATÓRIA PARA A CONFECÇÃO DO CORSET

Para a confecção do corset é obrigatório o envio de uma foto com a fita métrica e as marcações nas regiões do tórax, cintura e bacia conforme o exemplo:

Para nos enviar a sua foto de forma correta e agilizar o atendimento siga as orientações:

 

– Amarre uma fita ou cordão nas regiões onde se localiza o tórax, a cintura e a bacia.

– Posicione a fita métrica verticalmente rente ao corpo á partir do ponto onde termina o contorno dos seios.

– Fique com a postura ereta.

– Centralize o foco da câmera, evitando tirar a foto com o ângulo muito para cima ou para baixo.

– Tire a foto com a melhor resolução disponível em sua câmera.

– A foto deve mostrar a região que compreende a região do tórax ao quadril e as suas dimensões, sem cortes.

– Peça ajuda para uma amiga tirar a foto.

– Não tire a foto vestida com sutiã ou top com aro, pois isso dificulta a visualização da altura do tórax.

– Opte por tirar a foto vestida de shorts ou calça de cós baixo para não dificultar a visualização da região da bacia.

 

 

.

Todas as medidas informadas para a confecção do corset são de responsabilidade do cliente e enfatizamos que a imagem de envio obrigatório servirá como suporte para o atendimento.

Sendo que:

– A imagem pode ser anexada junto ao formulário de compra do site ou enviada diretamente para o e-mail contato@jeronimabaco.com.br

– Os dados bancários para o pagamento ou a ordem de cobrança do PagSeguro serão informados apenas após o recebimento da imagem

– Imagens que não estejam de acordo com as especificações serão descartadas e uma nova imagem será solicitada para o cliente.

– O não envio ou demora demasiada no envio da imagem configura o cancelamento do pedido ou a alteração do prazo final de entrega.

– Todas as imagens passarão pela análise da nossa corsetmaker que avaliará se as medidas verticais informadas no preenchimento do formulário de compra estão de acordo ou não.

– Caso as medidas verticais estejam de acordo com as informadas no preenchimento do formulário o cliente receberá a confirmação por e-mail.

– Caso as medidas verticais não estejam de acordo com as informadas no preenchimento do formulário o cliente receberá uma sugestão de possíveis medidas, com marcações na imagem, para nova conferência.

– A sugestão das possíveis medidas verticais deve ser conferida conforme as novas orientações e confirmadas ou corrigidas, em caso de não acordo, pelo cliente.

-O não retorno do e-mail ou a demora demasiada na conferência e confirmação das novas medidas verticais pode alterar o prazo final de entrega.

-O envio da imagem não garante e não serve para a análise das medidas horizontais de circunferência.

-A modelagem, montagem e finalização do corset são realizadas apenas após a confirmação de todas as medidas solicitadas.

-Durante a negociação ou confecção do corset, caso surjam dúvidas, poderá ser solicitado o envio de novas medidas ou imagens complementares.

-Caso não tivermos retorno por e-mail de qualquer contato realizado com o cliente o prazo final de entrega pode sofrer alteração.

Ajustes e garantias

Após a entrega da sua peça vista-a e confira se ela está acomodada e com o caimento de acordo com o seu corpo. Caso perceba algum defeito no ajuste do seu corset você tem o prazo de 7 (SETE) dias úteis para a reclamação, contados á partir do recebimento da peça. Argumente o defeito e nos envie por e-mail fotos do corset vestido no seu corpo para que possamos detectar qual o problema e a sua possível solução. Com o problema detectado a peça pode ser reenviada via Correios para a sua correção. Nesse caso o novo prazo de entrega será informado ao cliente.

Todas as peças possuem garantia, conforme código de defesa do consumidor, para outros tipos de defeitos que não estejam relacionados ao caimento da peça no corpo do cliente.

Se o problema estiver relacionado a medidas incorretas enviadas pelo cliente, mudanças de medidas decorrentes de ganho ou perda de peso pelo cliente, má conservação da peça, mau uso ou se o prazo para a reclamação for extrapolado, serão cobrados taxas de conserto e o pagamento do frete. Caso o tempo para reclamação tenho sido extrapolado, contate-nos.

Durabilidade e reforma do corset

A durabilidade de um corset-corsetdrees depende de vários fatores, alguns controláveis como a correta forma de armazenamento e conservação e alguns incontroláveis, como a ação do tempo.

Peças feitas para uso frequente ou diário tendem a ter menor durabilidade por conta do desgaste de uso, já peças feitas para uso esporádico podem durar anos.  Enfatizamos que essa durabilidade é variável não sendo possível especificá-la com exatidão, assim como em outros segmentos do vestuário.

Lembramos que peças em cores claras, em especial brancas, podem sofrer mudança de cor (leve amarelamento) decorrentes da ação do tempo. Assim como peças confeccionadas em fibras naturais (100% algodão e 100% linho) podem sofrer leve perda de cor, com o passar do tempo. Essas são características especificas desses tipos de materiais.

Escolhemos os melhores materiais disponíveis no mercado para a confecção dos nossos produtos, á fim de oferecer para os clientes peças duráveis e de qualidade. Seguindo todas as orientações de conservação corretamente seu corset terá uma vida útil maior.

Para peças desgastadas ou que por algum motivo sofreram danos, oferecemos o serviço de reforma do corset. Para esse serviço cobramos taxas estabelecidas de acordo com a complexidade da reforma.

As reformas podem ser: ajustes de peças destinadas a prática do Tight Lacing, modificações no modelo, troca do protetor costal, pequenos consertos, construção de um novo corset á partir do aproveitamento dos materiais antigos, etc.

Observações importantes

– Fique atento a sua caixa de entrada, pois todos os contatos serão feitos via e-mail, utilizamos ligações telefônicas apenas em casos emergenciais. O prazo de entrega pode ser adiado caso não obtivermos o seu retorno;

– Os valores apresentados no catálogo são referentes a modelos idênticos aos das imagens, caso haja modificações no modelo o valor será recalculado;

– Peças de tamanhos especiais podem ter o valor alterado, pois há a necessidade de mais reforços, barbatanas e painéis. Basta nos informar por e-mail para receber um novo orçamento.

– Lembramos que os orçamentos de novos modelos de corsets são válidos durante 2 meses, passado esse tempo os valores podem sofrer reajustes;

– Lembre-se de guardar todos os comprovantes de pagamento e transações até que sua peça seja entregue.

–  A veracidade de todos os dados informados para o cadastro e as medidas necessárias para a confecção do corset são de inteira responsabilidade do cliente.

 

Dúvidas frequentes

Dúvidas gerais

Qual a diferença entre corset, espartilho, corselet, corpete e cinta modeladora?

Corset (palavra de origem francesa) são peças estruturadas com barbatanas e reforços em locais específicos, com amarração nas costas, preferencialmente confeccionadas sob medida e que tem por finalidade modificar significativamente a silhueta do corpo. Espartilho é a tradução para o português.

Corselet é uma peça com estrutura leve e que não molda a silhueta significativamente, podemos citar como exemplo peças de lingerie e peças similares ao corset que são vendidas em lojas comuns.

Corpete é uma peça justa ao corpo com pouca ou nenhuma estrutura, podemos citar as blusas tomara que caia comuns em vestidos de debutantes.

Cinta modeladora são peças de compressão que de um modo geral servem para disfarçar as gorduras localizadas. Também existem as cintas pós-cirúrgicas, ortopédicas, gestantes e pós-parto.

Há certa confusão relacionada há essas nomenclaturas, pois no Brasil os corselets são comumente chamados de espartilhos e vice-versa. O nome das peças pode mudar dependendo da localidade (país) ou do período histórico onde ela está situada.

 

Todos os corsets possui amarração nas costas?

Sim. Uma das principais características do corset é a amarração nas costas.

 

Qual a vantagem de um corset ter o fecho frontal (busk)?

A vantagem básica de um corset ter o busk é a facilidade que o mesmo oferece para que você vista a peça sozinha com mais comodidade.

 

Homem também usa corset?

Sim, homens usam corset.

A modelagem do corset masculino é um pouco diferente que a modelagem do corset feminino, a curvatura da cintura é menos acentuada ou quase nenhuma, grande parte optam por usar a peça por motivos de postura ou para disfarçar a barriga.

Mas é recorrente alguns homens optarem por corsets acinturados e/ou optarem pela prática de Tight Lacing.

 

Sou gordinha(o) ou muito magra(o), posso usar um corset?

Sim. O seu biótipo físico não o impede de usar o corset. Todos os corsets são feitos sob medida tendo perfeito caimento em seu corpo. Caso tenha dúvidas na escolha do modelo podemos orientá-lo, basta entrar em contato.

 

Tenho seios pequenos ou grandes, qual é o melhor modelo para meu biótipo?

Modelos que não cobrem o busto não interferem nessa escolha, modelos underbusts (abaixo do busto) podem ser usados por pessoas que possuem seios grandes ou pequenos.

Para quem tem seios pequenos e optar por um modelo que cubra o busto, recomendamos modelos que possuam bojo (overbust com bojo).

Para quem tem seios grandes e optar por um modelo que cubra o busto, recomendamos modelos que não possuam bojo (overbust).

 

Eu posso usar o corset por cima e por baixo da roupa?

Sim, a escolha é sua. Alguns corsets são mais versáteis e podem ser usados tanto por baixo quanto por cima da roupa, em especial as peças específicas para o Tight Lacing e alguns modelos underbusts (abaixo do busto). Peças overbusts (acima do busto) em sua grande maioria são usadas como peças de roupas separadas, que podem fazem composição com calça, short ou saia.

 

O que é liner?

Liner é um tubinho de malha de algodão com elastano, que geralmente é usado por baixo de corsets destinados a prática do Tight Lacing, com o intuito de proteger a pele de possíveis irritações cutâneas e a peça de sujidades provenientes do seu corpo.

Tight lacing (redução de medidas)

O que é o Tigh Lacing?

Tight Lacing é a técnica utilizada para a redução da circunferência da cintura pelo uso frequente do corset durante algumas horas diárias.

Mas como é possível perder medidas com a prática do Tight Lacing?

Essa redução ocorre pela pressão exercida pelo corset nas costelas flutuantes que, por sua flexibilidade são moldadas gradativamente. As costelas flutuantes são os dois últimos pares de costelas da caixa torácica.

Qualquer pessoa pode iniciar a prática do Tight Lacing?

Pessoas que possuem problemas de saúde como doenças respiratórias, problemas de circulação, problemas de coluna, gastrite, diabetes, hipertensão, refluxo, hérnia de disco, doenças renais ou problemas em algum órgão interno na região onde o corset é usado não podem praticar o Tight Lacing sem antes se consultar com um médico especialista. Em alguns casos a prática é proibida.

Devo consultar um médico antes de iniciar a prática do Tight Lacing?

Sim. É importante verificar se você não possui nenhum problema em algum órgão interno, nesse caso consulte-se em um Clinico Geral. Caso possua algum tipo de problema especifico como gastrite, má circulação ou problemas de coluna, por exemplo, você deve consultar-se com um especialista da área.

Além da consulta geral, é importante o acompanhamento de um ortopedista periodicamente.

Para pessoas que possuem problemas circulatórios ou tendência familiar á tê-los é imprescindível consultar-se com o médio vascular (angiologista).

Á partir de qual idade eu posso praticar o Tight Lacing?

A partir de 18 anos você pode iniciar a prática do Tight Lacing.

Adolescentes não estão totalmente proibidos de fazer a prática de Tight Lacing desde que com o acompanhamento regular de um médico e dos pais ou responsáveis.

Nessa fase os cuidados devem ser redobrados, pois o corpo ainda está em desenvolvimento.

Cuidados rigorosos também devem ser tomados por pessoas de meia idade.

Mas eu sou saudável, a prática de Tight Lacing pode me causar algum problema de saúde?

Sim. Sempre recomendamos a procura de orientação médica antes do inicio do Tight Lacing, pois é esse profissional que te orientará se é possível ou não iniciar a prática.

A prática do Tight Lacing pode provocar perda de tônus muscular na região do abdômen e lombar se não for acompanhada de exercícios específicos, ocasionando sérios problemas de coluna, para isso procure orientação de um profissional em Educação Física.

O corset pode provocar possíveis irritações cutâneas se usado por um longo período diretamente sobre a pele, para isso deve-se usar uma peça intermediária, essa peça é comumente chamada de liner (um tubinho de malha).

Estou no período pós-operatório, posso iniciar de imediato a prática do Tight Lacing?

Não. Converse com o médico que está fazendo o acompanhamento pós-cirúrgico e verifique após quanto tempo da cirurgia você está liberado para iniciar a prática do Tight Lacing. Em média, a recomendação depende do tipo de cirurgia, é de 6 meses até 18 meses após a sua realização.

Estou no período pós-parto, posso iniciar de imediato a prática do Tight Lacing?

Não. O tempo médio para o uso do corset após o parto depende não só se ele foi normal ou cesárea, mas também da sua recuperação. Converse com seu médico e peça orientação quanto à liberação para o inicio do Tight Lacing. Em média, a liberação para o incio do Tight Lacing é de 3 a 6 meses após o parto normal e de 12 a 18 meses após o parto cesárea.

Qual o modelo de corset mais indicado para a prática de Tight Lacing?

Corsets que tem comprimento abaixo do seio (underbust e waist cincher) são os mais indicados para a prática de Tight Lacing. Os modelos underbust podem ser usados por qualquer biótipo físico, já os modelos waist cincher são recomendados apenas para biótipos magros, pois são peças mais curtas que não cobrem totalmente a região abdominal.

Corsets que cobrem o busto (overbust) não são recomendados para a prática de Tight Lacing, estas peças podem causar incomodo devido ao uso diário, às vezes interferindo na respiração e prejudicando o conforto.

Os corsets para a prática do Tight Lacing devem ser obrigatoriamente feitos sob medida, e os tecidos mais recomendados são os que possuem composição de algodão, pois permitem uma melhor respiração da pele.

Os corsets para este fim são construídos de forma específica, com estruturação e reforços internos em pontos estratégicos e são em média de 10cm a 15cm menores que a circunferência real da sua cintura.

Confira no blog http://jeronimabaco.blogspot.com.br/2017/07/qual-modelo-de-corset-escolher-tight_16.html as indicações de uso detalhas dos modelos de corsets da nossa linha Tight Lacing.

Os resultados da prática do Tight Lacing virão em quanto tempo?

Não há um tempo exato estipulado para se reduzir a cintura ao tamanho desejado, pois cada corpo reage de diferentes formas à prática do Tight Lacing. De uma forma geral observa-se que a partir do primeiro mês já é possível notar os resultados iniciais, sendo os resultados mais duradouros após 6 meses de prática.

Para um melhor acompanhamento tire fotos do seu corpo e anote suas medidas no início e durante a prática do Tight Lacing, tendo assim um quadro comparativo.

Por quantas horas diárias eu devo usar o corset para a prática do Tight Lacing?

Não há um tempo fixo determinado para usar o corset.

Inicialmente você pode usá-lo por algumas horas – de 2 á 4 horas – nos primeiros dias, pois é necessário que seu corpo se acostume com a peça. Vá aumentando o tempo de uso gradativamente, sendo que uso de 6 a 8 horas diários é o suficiente para a obtenção de resultados.

Lembre-se de apertar o corset de forma que seu corpo se adapte a ele, não exagere ou se afobe apertando-o excessivamente, pois sua cintura não diminuirá da noite para o dia, e sim de uma forma gradual.

Dói usar o corset para a prática do Tight Lacing?

Não. O corset é confeccionado sob medida para estar bem acomodado ao seu corpo, de forma adequada e confortável.

Lembramos que ao vestir o corset se concentre o aperto apenas na região da cintura, sem excessos, deixando o tórax e bacia mais livres para que o corpo se acostume de forma gradual com a peça.

Pessoas que possuem o biótipo magro devem aderir à prática do Tight Lacing com mais calma e lentamente, pois é possível que inicialmente a região das costelas flutuantes e bacia fiquem levemente doloridas com o uso do corset.

Caso apareça alguma dor incomum após o início da prática do Tight Lacing, orientamos suspender o uso do corset e notificar o seu médico para saber qual é a origem da dor e sua possível solução.

A prática do Tight Lacing faz emagrecer e perder barriga?

Não. A prática do Tight Lacing não possibilita redução do peso, apenas diminuição da circunferência da cintura. Não é possível por meio dessa prática perder gordura e/ou massa corporal. Quando o corset é apertado a gordura acumulada no abdômen (se houver) são deslocados, portanto é necessária à prática de exercícios físicos para a queima dessa gordura e manutenção da massa muscular. Observa-se uma melhora nas chamadas cinturas duplas com a prática do Tigh Lacing, pois o corset proporciona a sua remodelagem.

É recomendado usar o corset durante as atividades físicas?

NÃO. É totalmente proibido usar o corset durante a prática de qualquer exercício físico. Faça as suas atividades e após terminá-las vista o corset.

Eu posso fazer minhas refeições normalmente enquanto estiver usando o corset para a prática do Tight Lacing?

Sim. A ingestão de comida não deve ser em grandes quantidades, opte por ingerir alimentos leves e em pequenas porções. Não ingira alimentos de difícil digestão. O mesmo vale para as bebidas, se possível suspenda a ingestão de refrigerantes e não ingira bebidas alcoólicas.

Durante as refeições você pode afrouxar ou tirar o seu corset, podendo apertá-lo ou vesti-lo após 1 hora.

Lembre-se de sempre se alimentar bem, ingerir água e não pular nenhuma das refeições diárias.

Eu posso dormir com o corset durante a prática do Tight Lacing?

Para dormir com seu corset você já deve estar completamente adaptado á prática de Tight Lacing. Opte por dormir com seu corset apenas se a opção de usá-lo em outras horas não seja possível. A peça deve ser afrouxada quando você for dormir, nunca durma com o corset completamente apertado.

Devo suspender o uso do corset para a prática do Tight Lacing  durante o período menstrual?

Isso varia de mulher para mulher. Algumas pessoas não se sentem bem ao usar corset durante o período menstrual por motivos diferenciados. Procure orientação médica para saber se no seu caso em especifico é necessário suspender o uso.

Homens também podem fazer a prática de Tight Lacing?

Sim, homens podem fazer a prática de Tight Lacing.

Grande parte dos homens opta por usar o corset para melhorar a postura ou para disfarçar a barriga e não com a finalidade de diminuir a cintura. Mas se o objetivo for modificar a silhueta diminuindo a circunferência da cintura o Tight Lacing pode ser praticado.

Comecei a usar o corset para a prática do Tight Lacing e a minha pele está ressecada e com lesões, o que devo fazer?

Advertimos que é de fundamental importância o uso do liner, uma peça de malha intermediária entre o corset e a sua pele, evitando o atrito direto do corset com o corpo. Além do uso do protetor costal removível que protege as suas costas da amarração traseira do corset.

Em dias quentes é comum a nossa pele ficar mais ressecada e o corpo transpirar mais, então não abuse da prática do Tight Lacing, nessas ocasiões prefira usar o corset mais frouxo e por menos tempo.

Lembre-se de sempre hidratar a sua pele com hidratante corporal antes e depois de usar o corset, atente-se para que o hidratante já tenha sido totalmente absorvido pela pele ao vesti-lo.

Caso ocorra alguma lesão ou mancha, suspenda o uso do corset e procure orientação de um dermatologista. Volte há usar o corset apenas quando as manchas desapareçam!

Eu usei o meu corset para a prática do Tight Lacing até ele fechar totalmente nas costas, e agora?

O seu corset é construído com 10cm a 15cm a menos que a circunferência da sua cintura. Com o avanço da prática do Tight Lacing suas costelas flutuantes serão moldadas de forma que o corset se fechará nas costas.

Quando isso acontecer e você já tiver atingido sua meta continue usando o corset para manter as medidas.

Se você ainda não tiver atingido sua meta, é hora de usar um corset com uma medida de cintura menor. Para isso você pode encomendar uma nova peça ou fazer o ajuste da peça antiga.

Perdi medidas com a prática do Tight Lacing e atingi a minha meta, devo deixar de usar o corset?

Depois de um tempo de modo geral as costelas flutuantes se moldam permanentemente, mas fatores como ganho de peso, por exemplo, pode reposicioná-las. Ao atingir sua meta recomendamos continuar o uso do corset para manter a nova posição das costelas no lugar, pelo menos 3 vezes na semana durante 1 ano.

 

 

*NUNCA INICIE A PRÁTICA DO TIGHT LACING ANTES DE PROCURAR ORIENTAÇÃO MÉDICA!

*O TIGHT LACING DEVE SER FEITO COM CALMA, ATENÇÃO E CUIDADO!

*RESPEITE OS LIMITES DO SEU CORPO!

*CUIDE DE VOCÊ MESMO, O TIGHT LACING DE NADA ADIANTA SEM A PRÁTICA DE EXERCICIOS FISICOS REGULARES E UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL!

*VOCÊ É DONO DO PRÓPRIO CORPO E RESPONSÁVEL PELO BEM ESTAR DO MESMO!

Vestindo o corset
Amarração traseira
Como lavar o seu corset

O modo de lavar o seu corset depende do material que ele foi confeccionado.

 

Peças em tecido:

– Lave a mão;

– Lave com água e sabão neutro, preferencialmente sabão líquido;

– Passe a mão levemente sobre as sujidades, não esfregue;

– Enxague na água até retirar totalmente o excesso de sabão;

– Não deixe de molho;

– Não torça o corset;

– Deixe secar a sombra;

– Não passe a ferro;

Redobre o cuidado na lavagem caso a sua peça seja confeccionada em tecido 100% seda, brocado, renda ou possua  bordados. Nesses casos sugerimos lavagem á seco.

Se optar por lavagem em lavanderia escolha uma de sua confiança.

Lave o corset apenas quando necessário, opte por fazê-lo em dias quentes.

 

Peças em couro:

– Peças em couro não devem ser lavadas;

– Para limpar utilize um pano de algodão seco ou levemente úmido ou escova para couro;

– Limpe a região com sujidades com o pano úmido e aguarde secar á sombra;

– Não deixe secar ao sol;

Em caso de sujidades mais intensas, como manchas, procure uma lavanderia especializada na lavagem de peças em couro.

Peças em couro devem ser hidratadas de tempos em tempos, para isso aplique hidratante corporal com um pano macio sobre o couro ou utilize produtos específicos para este material.

 

Peças em verniz:

– Para limpar utilize um pano de algodão macio seco ou levemente úmido;

– Umedeça o pano em água e/ou sabão neutro líquido;

– Limpe o verniz superficialmente;

– Cuidado ao friccionar o pano no verniz, evitando arranha-lo;

– Não utilize escova;

– Deixe secar a sombra.

Dicas de conservação

– Se o seu corset foi construído com algum tecido fino, cetim por exemplo. Tome cuidado com o contato sobre superfícies ásperas para que a peça não desfie;

– Não guarde o seu corset logo após tirá-lo do corpo, deixe-o esticado por algumas horas em um lugar seco e arejado e depois o guarde. Assim você evitará que a umidade do suor de seu corpo ocasionem o surgimento de fungos;

– Guarde o seu corset após a lavagem apenas quando ele estiver totalmente seco, qualquer umidade no tecido pode provocar manchas;

– Nunca guarde o corset sob ou sobre outras peças de roupa, pois as mesmas podem marca-lo;

– Guarde-o sempre esticado, nunca dobrado ou enrolado. Se possível o guarde na caixa em que foi entregue envolvido no papel de seda;

– Ao guardar peças com bojo verifique se o mesmo não está dobrado ou amassado, bojos tendem a deformar quando guardados de forma inadequada;

– Nunca use o corset para a prática do Tight Lacing diretamente sobre a pele. Quando não for usá-lo sobre uma peça de roupa use o liner (tubinho de malha) por debaixo do corset que evita o surgimento de possíveis irritações cutâneas e preserva a peça de sujidades provenientes do seu corpo;

– Para retirar o corset do corpo, caso este tenha busk (fecho frontal), afrouxe a amarração traseira para depois abrir o busk. Nunca tente abrir o busk primeiro, isso pode deformá-lo;

Seguindo todas as instruções corretamente seu corset terá uma vida útil maior.